diagramacao-psndesign

A diagramação de um livro – Um pequeno guia para designers

Neste post separei as principais características de como costuma ser feito a diagramação e criação de um livro.

Para trabalhar como editoração é importante conhecer os nomes técnicos da estrutura de uma publicação não só para conversar com clientes através da correta nomenclatura e consequentemente mostrar profissionalismo, mas para administrar a produção do livro junto à gráfica.

É muito importante dizer que nem todas as páginas que compõem o livro são obrigatórias, algumas delas são utilizadas para incrementar mais o projeto gráfico e muitas vezes para completar o número de páginas, tornando-o múltiplo de quatro (vou falar melhor sobre isso na sequência).

Formato de papel

O papel é o principal suporte da impressão e pode possuir diversos formatos. Além deste conhecimento ser essencial para a concepção de um projeto gráfico, toda a comunicação com gráficas e fechamento de arquivos gira em torno disto.

Quando deseja-se criar um livro é muito importante saber que o número total de páginas deve ser múltiplo de 4. Para isto vamos entender melhor a diferença entre lâminas e páginas e o porquê deste múltiplo.

A anatomia de um livro -  Um pequeno guia para designers

Quando você projeta um livro precisa saber que uma lâmina de folha tem 4 páginas, todas impressas (na frente e no verso):

post-blog-encadernacao-psndesign

Quando esta folha for impressa e suas páginas coladas ou costuradas para a lombada do livro o resultado ficará assim:

diagramação psndesign

A mesma lógica se dá para todas as folhas que forem impressas e sobrepostas à esta para serem posteriormente coladas ou costuradas. Se as páginas não forem múltiplo de 4, a conta não fecha: uma das páginas ficaria em branco, o que não é desejável para um projeto gráfico.

Páginas do livro

diagramação psndesign

Capa. As folhas são costuradas e coladas na capa e na 4ª capa, que por sua vez são feitas de um material duro como papel cartão ou papelão. Muito comum em livros, este tipo de encadernação traz maior resistência para o material impresso. As encadernações podem ser feitas por máquinas ou de forma artesanal, manualmente.

diagramação psndesign
Capa

Lombada do livro. A altura da lombada é sempre definida pelo volume de páginas do miolo e nela deve conter o título da obra, o autor e a indicação da editora que o publicou. Entre em contato com a gráfica que irá produzir o livro, eles podem te auxiliar a calcular e medida correta da lombada.

Orelha do livro. É uma estrutura opcional que permite um resumo da obra ou comentários de pessoas ou instituições sobre ela. Muitas pessoas antes de comprar um livro lêem a orelha.

Página de rosto. Contém o título do livro, ou apenas o título principal se houver um título extenso.

Página de frontispício e ficha técnica. Página que contém o título do livro, autor, tradutor, ilustrador, editor e cidade e ano da publicação. Página que contém o nome do autor, direitos autorias, ano da publicação, ISBN, dados catalográficos, endereço do editor, etc. Veja o exemplo de um projeto gráfico que produzi para uma editora:

diagramação
Página de frontispício (página da esquerda)

Sumário. Este elemento crucial não só indica ao leitor o que há dentro do livro e onde encontrar, mas é uma importante ferramenta de marketing. Os sumários e algumas páginas de conteúdo do livro são usadas pelos compradores para decidirem sobre a compra ou não do volume.

miolo-livro-psndeisgn1
Página de Sumário

Prólogo ou Prefácio. Um pequeno discurso do autor, ou de outra pessoa, que abre o livro. Esta página também poderia ser utilizada para uma dedicatória do autor, sendo opcional.

Página de Prólogo ou Prefácio
Primeiro Capítulo

À esquerda temos a continuação do Prólogo. Abaixo dela é possível ver a numeração da página, o termo técnico para ela é “fólio”. À direita temos a abertura de capítulo: Na grande maioria dos projetos gráficos a abertura de capítulo se dá na página ímpar (da direita), isto porque pelo sentido ocidental de leitura é onde o olho vê primeiro, sendo uma página nobre com grande destaque.

Apêndice. Aqui você pode incluir glossário, índice, listas, biografias, currículos e cronologias.

Cólofon. Informações sobre tipografia da obra, design do livro, estabelecimento impressor, papéis utilizados, data da impressão e demais informações técnicas de produção.

Quarta capa. Muitas pessoas a chamam erroneamente de contra-capa (que seria na verdade a segunda capa – o verso da primeira, conforme vemos abaixo).

Se você se interessou pela forma com que é montado um impresso e por suas nomenclaturas técnicas, vale uma pesquisa mais profunda, pois é um vasto universo a explorar, cheio de possibilidades e que engrandece muito o conhecimento de um designer que quer trabalhar com impressos.

Indicação de leitura: A produção de um livro independente. Indie Publishing. Um guia para autores, artistas e designers. Ellen Lupton.

Até a próxima,

Priscylla | PSNDesign
Designer Freelancer Home-Office
Siga-me no Instagram