Códigos de barras criativos • Como explorar de forma criativa os códigos

Códigos de barras criativos

Os códigos de barras permitem que os varejistas rastreiem os produtos em suas lojas e alterem os preços sem a necessidade de etiquetar novamente cada item.

Eles são um dos itens obrigatórios nas embalagens e devem seguir algumas regras, mas ainda assim fazem parte da experiência visual de uma embalagem.

E como explorar os códigos de barras nas criações sem prejudicar a leitura? Pra que a gente possa quebrar as regras, vamos conhecer algumas regras primeiro.

Existem 3 principais diretrizes sobre os códigos de barra que a gente sempre precisa ficar atento: o tamanho dos códigos de barras, as cores dos códigos e a zona de silêncio.

1. Podemos alterar o tamanho do código de barras?

A princípio, sim. Mas cuidado: não reduza a ponto de prejudicar a leitura do código. Existem diretrizes que apontam um tamanho mínimo de 3,5 cm de largura x 1,5 cm de altura, mas eu já testei com 2 cm x 1,5 cm e deu certo.

IMPORTANTE: o seu cliente precisa sempre testar o código no leitor logo após as alterações serem feitas.

Você pode mudar as dimensões da altura do código de barra ou diminuir e aumentar como um todo, se precisar. O importante é saber que a altura das barras não será tão importante quanto a largura, pois o laser do leitor que irá escâner as barras é bem fino.


2. Podemos mudar as cores dos códigos de barra?

O indicado é usar sempre preto nas barras, porém algumas outras cores podem ser adotadas (se necessário).

ATENÇÃO: não use cores quentes nas barras, como laranja, vermelho, e vinho, pois o laser utilizado no leitor é infra-vermelho, e pode causar um erro na leitura.


3. Fique atento a zona de silêncio

A zona de silêncio é aquela margem branca ao redor do código. Elas são importantes porque vão garantir que a tinta do fundo da arte não invada as barras pretas.


Bom, agora que você já conheceu as principais regras, separei algumas referências criativas de códigos de barras pra gente pensar na hora de criar os nossos layouts.

Códigos de barras criativos

Códigos de barras criativos • Como explorar de forma criativa os códigos

As interferências nesses exemplos foram feitas acima da altura mínima exigida. Dessa forma a leitura dos códigos de barras pelo leitor não ficarão prejudicadas.

A ideia de transformar a esteira para sushi em código de barras foi sensacional.

Códigos de barras criativos • Como explorar de forma criativa os códigos

Nessas referências a zona de silêncio branca não está visível mas ainda assim está presente. Note que não tem arte no fundo das embalagens que pudessem atrapalhar a leitura dos códigos. Nesses casos você pode usar sem o fundo branco tranquilamente.


Então, não se esqueça:

  • A melhor combinação de cores é a de barras pretas com fundo branco. Combinação de maior contraste;
  • Se precisar mudar a cor das barras evite cores quentes como vermelho, laranja, amarelo e vinho;
  • Não distorça as barras. Sempre reduzir proporcionalmente;
  • Os espaços em branco antes da 1ª e depois da última barra são as Zonas de Silêncio. Respeite elas, pois são fundamentais na leitura;
  • Localização: a recomendação é que o código esteja no quadrante inferior direito do verso. Não se deve imprimir os códigos em dobras, cortes e uniões da embalagem;
  • Em embalagens cilíndricas recomenda-se colocar o código na posição vertical (barras paralelas a base do produto).
  • Lembrete: peça para o seu cliente sempre testar o código no leitor antes de produzir a embalagem.

Fontes utilizadas neste artigo:


Até a próxima,

Priscylla | PSNDesign
Designer de Marcas e Embalagens
Siga-me no Instagram